Perfil Profissional

        A bioquímica tem sido definida como o estudo da química dos organismos vivos. Forma uma ponte entre a biologia e a química, pois estuda a forma como complexas reações e estruturas moleculares originam a vida e os processos a ela relacionados. A bioquímica é uma ciência que gera técnicas poderosas, as quais são as bases para campos de atuação tão diversos como as indústrias alimentar, farmacêutica e agrícola, a genética médica, a biotecnologia, a produção de enzimas, a produção de biocombustíveis, etc., abarcando vários segmentos do mercado de trabalho.
        Neste sentido pode-se definir o bioquímico como o profissional que aplica as leis da química para o entendimento e aplicação tecnológica dos organismos vivos, ou seja, de um modo geral, estuda processos químicos que ocorrem para a manutenção da vida e usa este conhecimento para benefícios comerciais ou aplicação nas áreas de saúde, agropecuária e indústria. 
        A estrutura curricular dá ênfase ao trabalho experimental em bioquímica, com forte componente de iniciação à investigação científica e à integração com áreas correlatas. Devido à sua sólida formação nas áreas fundamentais (matemática, física e química), o bioquímico poderá atuar em universidades e carreiras profissionais nas áreas de investigação científica e desenvolvimento tecnológico. O profissional bioquímico estará qualificado para a manipulação de biomoléculas como proteínas e enzimas, antibióticos, hormônios, ácidos nucléicos, carboidratos, lipídios e outras biomoléculas sensíveis que não podem ser tratadas como substâncias químicas em geral. 

Habilidades 

  • Entendimento dos conceitos fundamentais da bioquímica e biologia molecular e áreas correlatas.
  • Capacidade de uso de instrumentação técnica e científica.
  • Desenvolvimento e uso de metodologias corretas para a obtenção de dados e produtos.
  • Competência no cálculo numérico, capacidade de estimativa e análise de erro.
  • Consciência dos principais temas de ponta da bioquímica.
  • Avaliação crítica de relatos técnicos e científicos.
  • Capacidade de planejar, preparar reagentes, e executar técnicas com reprodutibilidade e exatidão.
  • Entendimento das limitações das informações fornecidas por um experimento.
  • Interpretar dados técnicos e experimentais e identificar componentes consistentes e Inconsistentes.
  • Trabalhar de forma segura e eficaz na condução de trabalhos técnicos e execução de projetos.
  • Consciência da disponibilidade de recursos e de como utilizá-los.
  • Utilizar computadores como ferramenta de informação e pesquisa.
  • Trabalhar em equipe e colaborar com outros profissionais.
  • Usar apresentação oral, escrita e visual para divulgar o trabalho.
  • Pensar de forma integrada e visualizar um problema em diferentes perspectivas.
  • Conscientizar dos assuntos éticos no seu campo de atuação.
  • Adotar condutas compatíveis com as legislações reguladoras do exercício profissional e do direito a propriedade intelectual, bem como com a legislação ambiental, e regulamentações federais, estaduais e municipais aplicadas a empresas/instituições.